É essa necessidade de falar e falar e falar o tempo todo que me faz, mais uma vez, escrever sobre o que eu sinto.
Não que tudo aqui escrito seja verdadeiro, pode ser que eu somente tenha descrito alguma vontade-fantasia-ilusão.
Nem todos os textos são atuais, retiro alguns de blogs, fotologs e diários antigos.
Não tente entender, não tente compreender.

A verdade e a mentira só existem na sua cabeça.

*

domingo, 25 de dezembro de 2011

Bobeira


Ele me ensinou coisas bobas, como apertar a barra de espaço do macbook pra acordar do stand by e a diferença entre sinuca e bilhar :(
Configurou a internet no meu celular e tem o sotaque britânico mais lindo desse mundo.

Se ele é meu, porque a gente não tá junto?
Digo, se tá tudo isso acontecendo, se ele realmente sente algo por mim, por que ele faz isso?

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011