É essa necessidade de falar e falar e falar o tempo todo que me faz, mais uma vez, escrever sobre o que eu sinto.
Não que tudo aqui escrito seja verdadeiro, pode ser que eu somente tenha descrito alguma vontade-fantasia-ilusão.
Nem todos os textos são atuais, retiro alguns de blogs, fotologs e diários antigos.
Não tente entender, não tente compreender.

A verdade e a mentira só existem na sua cabeça.

*

domingo, 28 de agosto de 2011

Senta aqui


Tem muita coisa dentro de você? Então jogue essa porra de personagem fora e senta aqui.
Pare de falar de rave, das 200 horas que você ficou sem dormir e do quanto você ficou louco.
Ok, pode falar! Mas seja breve.
Eu quero saber de você. VOCÊ!
Você não é só uma balada, uma foto no facebook, um carro bonito ou um tênis da nike.
Você é GENTE! E gente sente. Gente ama, sofre, sente dor...
Me fala de você e deixa o tempo passar!
Tenho certeza que por baixo dessa casca de auto-proteção tem um ser humano!
E um ser humano tem muito pra contar!

domingo, 21 de agosto de 2011

Maresia


Marinheiros têm por si só a missão de levar tudo a ferro e fogo.
É tudo intenso demais, não dá tempo de estender a conversa (nem o romance).

Amor de Marinheiros.
Duas pessoas, dois navios diferentes, o mundo inteiro no radar.

Será que dois marinheiros conseguem se encontrar em um mesmo porto algum dia?

Bom mar.

sábado, 20 de agosto de 2011

Trivia


Não era mais fácil você dizer: "Te achei gostosa e só quero te comer", do que ser apaixonante e me fazer acreditar em um romance, 9 dias antes de eu viajar pro outro lado do mundo?